[Treino] Lauts

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Treino] Lauts

MensagemPostado por Lauts em Sab 5 Nov 2016 - 0:26

Nome: (Seu nome de usuário).
Escola: (A que escola pertence).
Treinamento (Faça uma história contendo no mínimo 10 linhas).

Código:
[b]Nome[/b]: Lauts
[b]Escola[/b]: Hakuren
[b]Treinamento[/b]
Goleiro
Goleiro
Mensagens : 282
Data de inscrição : 03/05/2014
Idade : 15
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino] Lauts

MensagemPostado por Lauts em Sab 5 Nov 2016 - 0:51

Nome: Lauts
Escola: Hakuren
Treinamento


Andava pelas ruas de Nova Iorque, graças a contatos no Japão já conseguia minha vaga em uma escola chamada Hakuren, daqui a poucos dias estaria mudando de país novamente, enfim sempre viajava com meus pais por causa de negócios, isto sempre era um saco, quando estava a fazer novas amizades eles sempre achavam novos serviços para serem finalizados. Enquanto andava pensando na mudança, quando de repente olhando ali abaixo conseguia avistar um pequeno campo de futebol, onde adolescentes de minha idade estariam jogando um pouco de futebol. Descendo os degraus de quase um metro, me sentaria ao primeiro então com minha perna cruzada ficaria a assistir aquela “partida”, não seria porque eu estaria a me achar muito, mas vendo aquelas pessoas jogarem era de dar risadas, tantos chutes fracos e às vezes os seus pés mal se encostavam à bola, quando de repente ouvia uma grande pancada e um gol sendo feito, enfim uma pessoa boa naquele bando de pé de madeira. Levantava-me e daria as costas, colocando o meu pé no primeiro degrau de repente ouvia uma voz se aproximando — ei, quer jogar com a gente? —, estaria esperando um convite para jogar, colocando o meu corpo de volta a frente do campo e com um sorriso em meu rosto dizia ao garoto — claro, desde que me deixe no gol — após uma pequena discussão, o time era formado novamente, parecia que aquela partida tinha começado desde o zero, e não teria muitas regras, já que não tinha um juiz naquele campo, então o jogo se iniciava.
 
Então o jogo se iniciava com a bola no alto, parecia que o artilheiro daquele que estaria a assistir também tinha um bom domínio, dominando a bola em seu peito rapidamente chutava no ar mesmo para o outro que estaria à esquerda, que rapidamente se aproximava do gol sem problema algum, os meus dentes roíam enfim o time que eu estaria era muito ruim, quando de repente um de meus “companheiros” entrava em minha frente tampando minha visão, quando de repente via o vulto da bola passando perto da área de meu gol e veria que o artilheiro já estava perto do gol, ele teria aproximando em segundos, então com o seu pé esquerdo chutava na lateral esquerda, com um ligeiro salto partia em direção da bola que se aproximava do gol, e de repente espalmava ela para frente — Tsc! — podia ouvir o nervosismo do garoto, quando de repente outro passava e chutava a bola na rede, enfim o seu chute em direção do gol era nada menos que sorte.
 
O primeiro tempo se passava na nossa área, enfim o meu time não tinha uma boa coordenação, já que todos os jogadores ficavam separados um longe do outro, quando pensava que isto poderia se levar em uma vantagem. Mudando de campo sussurrava no ouvido do garoto que se nomeava o “capitão”, aceitando minha estratégia rapidamente a bola partida, eles recuavam a bola até chegar em meus pés, como pensado, todos eles estariam atrás da bola, não era atoa que viam correndo em minha direção, com um chute para o alto mandaria para a defesa, mas logo sairia fora do plano, o artilheiro roubava a bola, e partia correndo em minha direção driblando todos que estavam em sua frente, parando a oito metros de mim chutava embaixo de minhas pernas, rapidamente me ajoelhava e agarrava a bola, e logo o jogo parecia acabar, enfim tudo aquilo para se tornar um empate [0x0].
 
Me despedindo daqueles garotos, rapidamente sairia pelo portão da frente, o encostando iria em direção de minha casa, enfim teria de realizar um pequeno descanso caso quisesse continuar a treinar no próximo dia.
Goleiro
Goleiro
Mensagens : 282
Data de inscrição : 03/05/2014
Idade : 15
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino] Lauts

MensagemPostado por ADM.Three em Sab 5 Nov 2016 - 2:30

Aprovado. 42 linhas cheias.

Subiu de nível, indo para o 2. Recompensas adicionadas, e ficha atualizada.

_



The Shooter!
Meio-Campo
Meio-Campo
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/10/2016
Idade : 15
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino] Lauts

MensagemPostado por Lauts em Sab 5 Nov 2016 - 19:05

Nome: Lauts
Escola: Hakuren


— Urrrg! — acordava pela manhã me deparando com toda aquelas caixa de papelão, enfim aquele homem que estaria cuidando da mudança para já ter feito um bom trabalho dentro de casa, até as coisas de meu quarto já eram levadas para a sala, e eu mal tinha percebido, já na sala caminharia até minha cozinha e abriria a geladeira, poucas das coisas que ainda estava ligada a energia, pegaria um copo de leite e no mesmo beberia em apenas um gole enquanto comia um pedaço de sardinha, procurava por minha mãe dentro de casa, mas perceberia que ela não estaria ali, talvez tivesse ido fazer algumas compras antes de sairmos do país, mas creio que ainda estaria muito cedo, já que a gente sairia daqui alguns dias, menos de uma semana.
 
Saindo pela porta da frente de minha casa, veria um caminhão onde estaria colocando a mudança, enfim as mobilhas de casa estaria a serem mandadas para o Japão bem antes da gente, pra quando chegarmos a casa não ficar vazia, encostando a porta para que aqueles homens pudessem entrar sem fazer força, começaria a correr por aquelas ruas de Nova York, enfim procurando treinar um pouco desde que começaria a andar, correria em um ritmo de 5m/s, enfim mantendo um ritmo bem lento para que não cansasse o bastante rápido, correndo até a praça poderia fazer uma corrida sem me preocupar com obstáculos, já que não tinha ruas e carros, mantendo minha respiração profunda correria até um campo de futebol, aonde veria alguns meninos jogando um pouco de futebol, mas não estaria ali para treinar naquele momento, dando as costas para o campo logo caminharia até uma árvore, me sentando na sombra para que minha energia não desgastasse tanto por conta do sol que fazia naquele dia.
 
Sentando-me debaixo da sombra que aquela árvore me fornecia, rapidamente deitaria de peito ao chão, colocando os braços na medida de meu pescoço, juntaria as minhas panturrilhas então deixando minhas pernas retas daria uma continuidade naquele treinamento, realizando movimentos verticais utilizando a força dos músculos de meus braços, começaria a realizar o tão chamado “flexões” — Um... Dois... Três... Quatro... — ficaria a contar a cada movimento que realizava completo, tentando não encostar minha barriga ao chão, se não teria de iniciar desde o começo, enquanto realizava aqueles movimentos tentaria fazer com que minha respiração também ficasse focada naquele treinamento, para que eu não perdesse o ritmo e então acabando com aquele treinamento — Oitenta e nove noventa — dizia jogando o meu corpo ao chão, por enquanto era o máximo que conseguia realizar, mesmo o meu corpo não pesando o bastante, mas não conseguia realizar mais do que aquilo, para relaxar um pouco, desta vez ficaria a trabalhar o meu lombar.
 
Desta vez virando o meu corpo de costas ao chão, rapidamente me sentaria naquele gramado, com minhas mãos em meu joelho ficaria a pensar como seria minha vida, lá no Japão, quando logo veria que estaria no meio de um treinamento e não poderia perder minha cabeça daquele jeito, deixando meus joelhos colados um no outro rapidamente deitaria o meu corpo, e subiria novamente com minhas mãos próxima a orelha, então continuaria a fazer o mesmo movimento seguido de outro, realizando as famosas “abdominais” que eram bem mais fáceis do que realizar flexões — Três... Quatro... Cinco... Seis... Sete... Oito — ficaria a contar em voz alta para que não perdesse aos números, então continuaria a realizar o mesmo movimento que cada contagem, a cada movimento que eu fazia a minha lombar se movimentava aos poucos, no mesmo fortalecendo um pouco dos ossos que ficava ali, em pouco tempo chegaria a cinquenta e ainda não estava pronto para terminar aquele treinamento, então rapidamente realizaria por mais alguns minutos — Duzentos... Duzentos e um... Duzentos e dois — após de realizar duzentos e poucos movimentos, me levantaria dali, então iria em direção de minha casa para ver se minha mãe tinha chegado, enfim teria de conversar com ela, sobre minhas inscrição em minha nova escola no Japão, Hakuren Go.
Goleiro
Goleiro
Mensagens : 282
Data de inscrição : 03/05/2014
Idade : 15
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino] Lauts

MensagemPostado por ADM.Jesse Pinkman em Sab 5 Nov 2016 - 19:12

@provado.

50 linhas cheias: +90 de experiência.

Tudo devidamente colocado em sua ficha.
Atacante
Atacante
Mensagens : 430
Data de inscrição : 07/01/2016
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino] Lauts

MensagemPostado por Lauts em Sab 5 Nov 2016 - 19:18

Peço reavaliação, de acordo com as regras, está avaliação está incorreta...

10 ou mais linhas cheias - :  Experiência: 70 a 100.
Goleiro
Goleiro
Mensagens : 282
Data de inscrição : 03/05/2014
Idade : 15
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino] Lauts

MensagemPostado por ADM.Three em Sab 5 Nov 2016 - 20:07

Reprovado. Já atingiu o limite de treino diário.

_



The Shooter!
Meio-Campo
Meio-Campo
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/10/2016
Idade : 15
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino] Lauts

MensagemPostado por Lauts em Dom 6 Nov 2016 - 0:31

Nome: Lauts
Escola: Hakuren




— Urrrg! — acordava pela manhã me deparando com toda aquelas caixa de papelão, enfim aquele homem que estaria cuidando da mudança para já ter feito um bom trabalho dentro de casa, até as coisas de meu quarto já eram levadas para a sala, e eu mal tinha percebido, já na sala caminharia até minha cozinha e abriria a geladeira, poucas das coisas que ainda estava ligada a energia, pegaria um copo de leite e no mesmo beberia em apenas um gole enquanto comia um pedaço de sardinha, procurava por minha mãe dentro de casa, mas perceberia que ela não estaria ali, talvez tivesse ido fazer algumas compras antes de sairmos do país, mas creio que ainda estaria muito cedo, já que a gente sairia daqui alguns dias, menos de uma semana.
 
Saindo pela porta da frente de minha casa, veria um caminhão onde estaria colocando a mudança, enfim as mobilhas de casa estaria a serem mandadas para o Japão bem antes da gente, pra quando chegarmos a casa não ficar vazia, encostando a porta para que aqueles homens pudessem entrar sem fazer força, começaria a correr por aquelas ruas de Nova York, enfim procurando treinar um pouco desde que começaria a andar, correria em um ritmo de 5m/s, enfim mantendo um ritmo bem lento para que não cansasse o bastante rápido, correndo até a praça poderia fazer uma corrida sem me preocupar com obstáculos, já que não tinha ruas e carros, mantendo minha respiração profunda correria até um campo de futebol, aonde veria alguns meninos jogando um pouco de futebol, mas não estaria ali para treinar naquele momento, dando as costas para o campo logo caminharia até uma árvore, me sentando na sombra para que minha energia não desgastasse tanto por conta do sol que fazia naquele dia.
 
Sentando-me debaixo da sombra que aquela árvore me fornecia, rapidamente deitaria de peito ao chão, colocando os braços na medida de meu pescoço, juntaria as minhas panturrilhas então deixando minhas pernas retas daria uma continuidade naquele treinamento, realizando movimentos verticais utilizando a força dos músculos de meus braços, começaria a realizar o tão chamado “flexões” — Um... Dois... Três... Quatro... — ficaria a contar a cada movimento que realizava completo, tentando não encostar minha barriga ao chão, se não teria de iniciar desde o começo, enquanto realizava aqueles movimentos tentaria fazer com que minha respiração também ficasse focada naquele treinamento, para que eu não perdesse o ritmo e então acabando com aquele treinamento — Oitenta e nove noventa — dizia jogando o meu corpo ao chão, por enquanto era o máximo que conseguia realizar, mesmo o meu corpo não pesando o bastante, mas não conseguia realizar mais do que aquilo, para relaxar um pouco, desta vez ficaria a trabalhar o meu lombar.
 
 Desta vez virando o meu corpo de costas ao chão, rapidamente me sentaria naquele gramado, com minhas mãos em meu joelho ficaria a pensar como seria minha vida, lá no Japão, quando logo veria que estaria no meio de um treinamento e não poderia perder minha cabeça daquele jeito, deixando meus joelhos colados um no outro rapidamente deitaria o meu corpo, e subiria novamente com minhas mãos próxima a orelha, então continuaria a fazer o mesmo movimento seguido de outro, realizando as famosas “abdominais” que eram bem mais fáceis do que realizar flexões — Três... Quatro... Cinco... Seis... Sete... Oito — ficaria a contar em voz alta para que não perdesse aos números, então continuaria a realizar o mesmo movimento que cada contagem, a cada movimento que eu fazia a minha lombar se movimentava aos poucos, no mesmo fortalecendo um pouco dos ossos que ficava ali, em pouco tempo chegaria a cinquenta e ainda não estava pronto para terminar aquele treinamento, então rapidamente realizaria por mais alguns minutos — Duzentos... Duzentos e um... Duzentos e dois — após de realizar duzentos e poucos movimentos, me levantaria dali, então partiria em direção do campo de futebol, aonde teria visto aqueles meninos jogarem futebol, mesmo com o meu corpo quebrado ainda daria para jogar um pouco, pelo menos para dar uma animada para voltar para minha casa, aonde ajudaria minha mãe e então descansaria o meu corpo para treinar mais um pouco no dia seguinte que me restava.
 
Caminhando até o campo de futebol veria que eles não estariam mais lá, enfim pareciam ter ido embora ou tirar um descanso por ali perto, mas veria que a bola ainda estaria ali, acreditaria se a pegasse emprestada não haveria grandes problema, entrando ali pegaria a bola de futebol e no mesmo rapidamente colocava perto de meus pés e começava a chutar para cima, era péssimo para aquilo, enfim estaria a tentar realizar algumas embaixadinhas mas era realmente horrível. Quando de repente um garoto entrava ali em seguida dizia — quer ajuda? — ficava quieto em sequencia eu dizia respondendo sua pergunta — claro, eu fico no gol! — dizia indo em direção do gol que não estava muito longe, o gol tinha uma largura bem pequena, por ser um campo de salão tinha aquelas dimensões, então rapidamente ele lançava o seu primeiro chute, jogando o meu corpo para a parte superior do gol rapidamente conseguiria espalmar a bola, mas minha mão ficava vermelha mesmo estando com aquelas luvas, enfim o seu chute era bastante potente, lançava a bola em sua direção de novo, desta vez ele jogava um chute rasteiros a meio metro de meu pé direito, rapidamente jogava o meu corpo colocando o meu pé a frente, mas a bola deslizava mudando a sua trajetória e indo um pouco mais a direita se aproximando da trave, ela dava de contra com a travessão, mas entrando ao gol, enfim aquele chute acabado de ter sido realizado por ele era impressionante. Sem falar nada pediria por uma revanche, então jogaria a bola com minha mão em sua direção, ele a dominava no peito e sem esperar nenhum segundo antes que a bola encostava ao chão chutava na direção superior do gol, no lado esquerdo, rapidamente dava um ligeiro pulo, a minha mão tocava à bola, infelizmente não era o bastante para consegui-la agarra-la, de repente ouvia o barulho dela batendo de contra a travessão e veria que ela teria ido para fora e no mesmo teria ganhado aquele com [2x1], veria a cara do garoto e mesmo com uma derrota ele possuía um sorriso em seu rosto, o receberia com o mesmo sorriso então eu dizia enquanto jogava a bola em sua direção — foi um bom jogo — então rapidamente sairia daquele campo de futebol enquanto caminharia em direção da praça, enfim já estaria anoitecendo, mas bastante claro graças aos postes de luzes, correria em volta da praça antes de ir para casa, pois ainda não tinha gastado minhas energias ao máximo para que pudesse capotar em minha cama, correndo em torno de quarenta minutos começaria a relaxar o meu corpo sentado em um banco, quando de repente veria um garoto se aproximando com a bola, enfim parecia que ele era o dono, e também o que eu estaria jogando junto atrás, logo ele sentava ao meu lado e dizia enquanto trocava suas chuteiras — realmente foi bom jogo, gostei de jogar contigo — em seguida se levantaria e então sairia dali, enfim também faria o mesmo, me levantando daquele bando eu caminharia em direção ao sul, aonde a minha mãe estaria me esperando, talvez um pouco preocupada por eu não aparecer em casa naquele horário que estava bastante escuro, pelo menos esperaria não levar uma bronca.
Goleiro
Goleiro
Mensagens : 282
Data de inscrição : 03/05/2014
Idade : 15
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino] Lauts

MensagemPostado por ADM.Three em Dom 6 Nov 2016 - 14:47

Aprovado. 88 linhas cheias.

Subiu para o nível 3.
- 160 de Energia.
+ 150 de experiência.
Sofreu uma lesão leve.

_



The Shooter!
Meio-Campo
Meio-Campo
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/10/2016
Idade : 15
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino] Lauts

MensagemPostado por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 22:32

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum